Gestão do Medo

Saudações Positivas!!!

Reflexões Iniciais

O que te impede de agir em determinados momentos de sua vida?
O que te impede de tomar certas decisões?
O que te motiva a desistir de Sonhos, antes mesmo de tentar?

Já parou para pensar que talvez a resposta para todas essas perguntas se resume a uma única palavra? MEDO… medo do fracasso, medo de decidir errado, medo de não conseguir alcançar um objetivo, medo de receber críticas, medo de desagradar, medo de se autofrustrar… medo… medo…

É justamente sobre esse tema que iremos tratar nesse artigo de hoje. Abordaremos sobre uma competência emocional pessoal que interfere sobremaneira na inteligência emocional de um indivíduo: A Gestão do Medo.

Para tal, iremos iniciar apresentando algumas definições da palavra “Medo”:
“um estado emocional que surge em resposta a consciência perante uma situação de eventual perigo”; “um estado afetivo suscitado pela consciência do perigo”; “receio, temor, ansiedade irracional ou fundamentada”.

Com essas definições, fica claro para todos nós que o “Medo” é um estado emocional relacionado diretamente com a proteção, com a sobrevivência de um indivíduo. E é justamente para isso que serve esse sentimento: o medo serve para nos proteger de situações perigosas. O medo, por muitas vezes, será nosso maior aliado, um de nossos grandes protetores… nem sempre esse sentimento será o “vilão da história”, muito pelo contrário, como por exemplo: se nós subirmos 10 andares de um prédio, ficarmos na beira de uma janela e olharmos para baixo, com certeza, sentiremos medo da altura, não é mesmo? O medo foi feito para isso… é muito bom sentirmos medo de saltar dessa altura apresentada. Imagine só se não sentíssemos medo? O que poderia acontecer?

O problema é quando usamos esse sentimento de forma errada, pois o “medo” foi feito para nos impedir de agir ou fugir de situações de risco de vida. O medo não foi feito para ser utilizado em situações do nosso dia-a-dia que não nos fornece risco de vida. O medo não foi feito para desistirmos de nossos sonhos… O medo não foi feito para nos impedir de tomar uma decisão importante em nossas vidas… Ele não foi feito para nos impedir de pedir desculpas para uma pessoa que magoamos… O medo não foi feito para servir de desculpa para deixarmos de fazer aquilo que deveríamos fazer.

E aí eu te pergunto:
Como você está gerindo os seus medos?
Quais são os seus medos?
Como eles estão te sabotando?O que você está deixando de fazer, que deveria ser feito, simplesmente por estar dominado pelo medo?

A gestão do medo é justamente a capacidade de interpretar se esse sentimento está sendo utilizado para te proteger ou se ele está sendo um grande sabotador de suas ações.
Com isso, vai aqui uma dica para a melhoria dessa competência emocional.Sempre que você for “dominado” pelo medo, pare um instante e reflita: 
– Esse medo está relacionado com a minha sobrevivência, com a minha proteção; ou
– Esse medo está servindo apenas como um autosabotador, responsável por me impedir de fazer algo que devo fazer.

Caso você identifique que o medo está servindo para sua sobrevivência, deixe ele atuar e se proteja. Caso seja a segunda opção, servindo como um grande sabotador de ações, pare, respire, tome coragem e aja com inteligência, coerência e convicção. 

Jamais permita que o medo seja o responsável por você deixar de conquistar os seus Sonhos, Metas e Objetivos de vida. Não permita que o medo seja a desculpa para uma vida de arrependimento por omissão. Gerencie seus medos e seja guiado pelos seus Valores.

Esperamos ter ajudado para o aperfeiçoamento de sua capacidade de gerir os seus medos e convidamos você a continuar acompanhando nossa Série: “Eu Positivo”.
Um grande abraço, Gerencie os seus Medos e Muito Sucesso!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *